domingo, 24 de abril de 2011

Icebergue de fogo























Imagens do filme «Eu sou o amor», de Luca Guadagnino



Presa à estação das lareiras -

as mãos árticas, o peito, os circulares passos.

Mãos desérticas que arrumam rotinas.

Mãos intactas, as tuas -

mãos nuas, recém-nascidas em mim.

De ti nasci-me lume, gume

que te quer amar até às veias.




Sem comentários: