quarta-feira, 29 de abril de 2009

Apagão

Apaguei o conteúdo deste post sobre a Margarida Menezes, fundadora do Clube das Virgens. Fui demasiado dura com ela [e não é que também o estava a ser comigo mesma?!]. Fui profundamente contraditória, como tão bem o Alex me soube mostrar.
Mantenho o comentário que o Alex fez ao conteúdo que aqui tinha até ao apagão. O Alex é inteligente, é amigo, vê-me [bendito olho de gato]. O comentário permanece porque foi a parte melhor do post. Obrigada Alex.

Viva a biodiversidade.

5 comentários:

Joaquim Alexandre disse...

Raquel, maldade tua.
Já tinha passado por esta notícia, chegou-me o título. Um vislumbre dela, pensei com um sorriso: "é tão boa esta biodiversidade!",e cliquei adiante.
Leio o teu post e falas numa data, 29 de Junho de 2005. Que evento é este? Que data é esta? A data mistério fez-me tentar percebê-la. Tive que ler tudo, do-princípio-ao-fim- ufff, Raquel, que maldade, Raquel! - até perceber o que era no vídeo.
Um beijo, ela, a virgem radiosa, a entrar no céu, no dia de S. Pedro de 2005, com o primeiro beijo da primeira boca.
O primeiro princípio, Raquel, o primeiro pólen, Raquel, não te impacientes com a biodiversidade, Raquel...
ou impacienta, Raquel ... a biodiversidade é o sim ou o não, é o talvez sim ou o talvez não, é a água ou o pólen ... é o frio ou o calor, é a lentidão ou a espera, é a constância ou o "one night stand", a biodiversidade, Raquel, a biodiversidade é boa ...
A.

Susana Ramos Martins disse...

Liliana,

vim hoje dar uma espreitadela no teu blogue (ou blog, como preferires), e não me surpreendeu o que vi e, sobretudo, o que li. Está excelente como tudo aquilo que escreves. Parabéns!

Susana Ramos Martins (tua ex-colega de curso na UM)

Beijinhos

Robin K disse...

não acompanhei a questão...
tenho andado por fora.

de qualquer das formas. Fica um beijo

Anónimo disse...

Biodiversidade, Alex, biodiversidade, percebi bem? Biodiversidade, até encaro com satisfação, e isso saltita do que dizes, nada teres contra, pelo contrário. Agora o que eu não entendo é o que é que uma mulheraça de 26 anos(independentemente de ter ou não conseguido fundar, criar, a associação das virgens) tem contra a tal... biodiversidade de que tu falas. Fazes-me lembrar os homens bons do antifascismo, dispostos a morrer para que outros possam ser... fascistas(bem sei do exagero!) se assim o entenderem. Mas eu aprecio a tua luta pela biodiversidade, já não entendo a tonta da virgem de 26 anos que quer ou queria criar uma associação contra a... biodiversidade.
Estou tão cansado de gente tonta!!
r.

raquel disse...

Susana, obrigada pela visita e pelo comentário :)

Beijoca


Robin K,

A questão não tem muito que se lhe diga :)

Vi na fundadora do Clube das Virgens um regresso da Floribela e aquilo causou-me alguma urticária :)

Fui impulsiva no que escrevi e, após o comentário do amigo Alex, senti que terei sido corrosiva em demasia.