segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Amar o casamento

O Casal Arnolfini, de Jan van Eyck



«O casamento feliz não é nem um contrato nem uma relação. Relações temos nós com toda a gente. É uma criação. É criado por duas pessoas que se amam.

O nosso casamento é um filho. É um filho inteiramente dependente de nós. Se nós nos separarmos, ele morre. Mas não deixa de ser uma terceira entidade.

Quando esse filho é amado por ambos os casados - que cuidam dele como se cuida de um filho que vai crescendo -, o casamento é feliz. Não basta que os casados se amem um ao outro. Têm também de amar o casamento que criaram.

O nosso casamento é uma cultura secreta de hábitos, métodos e sistemas de comunicação. Todos foram criados do zero, a partir do material do eu e do tu originais».


Excerto de uma crónica de Miguel Esteves Cardoso, publicada no Público. E lida aqui, na íntegra.

1 comentário:

Maria disse...

Convido a visitar e a participar no meu blog com textos, relatos ou questões, ou mesmo com a simples leitura das mensagens.
Um grande beijo.
http://maria-haagen-dazs.blogspot.com