segunda-feira, 3 de agosto de 2009

O penedo e o pneu





Foi algures por aqui, no Minho, bem no meio do mato, no Penedo da Cereja, que dei hoje uma queda monumental. Eu até me riria da situação, não fosse a insistente dor no cóccix. Depois de me doer o osso, rebentar um pneu numa área de serviço não foi coisa para me fazer doer a alma.


Resumo do dia: Grata me confesso por conhecer gente boa que, de cócoras e mãos sujas, troca o pneu a uma desconhecida. Queridos homens, nisto de trocar pneus, sou muito gaja. E não me orgulho. Nas aulas de condução, deveria ser obrigatório ensinar a usar o macaco e outras macaquices necessárias à troca de pneus.



P.S. Tenho mais um episódio de gente boa, mas fica para depois. Toda eu (cóccix incluído) preciso urgentemente de descanso.

2 comentários:

Violet disse...

as melhoras ao cóccix...

raquel disse...

Obrigada, Violet :)

Já estou boa. Felizmente passado poucos dias, as dores foram embora.