terça-feira, 23 de junho de 2009

Queima controlada







Imagens do filme «A Desconhecida», de Giuseppe Tornatore


Exercício de amar: ensinar a levantarmo-nos do chão, mesmo quando estamos de pés e braços atados.

A infância ainda é tempo de simulação. A vida adulta ensina que não há condescendência para uma infância flor de estufa.

Proteger: entregar quem se ama a uma dor domesticável, no tempo das amoras subtraídas às silvas.

A queima controlada da inocência.




2 comentários:

ivan disse...

tenho de ver isto...

Joaquim Alexandre disse...

"A queima controlada da inocência" tira oxigénio ao ar.

A fotossíntese e a água que mata a sede repõem-no.

The air that I breathe
http://www.youtube.com/watch?v=0ewFEm4Up_o