terça-feira, 23 de setembro de 2008

Significâncias VIII


O marcador de livros mais lindo do (meu) mundo. As palavras e os olhos de quem lê precisam de ser mimados. Este mimo de papel foi-me oferecido pela pessoa que eu conheço com mais ânsia de mundo, de saber, de criar. Inquietude em estado criativo. Um contador de estórias que entrou na escrita de mansinho, que é o modo certo de entrar nas coisas.

1 comentário:

Ana Cota disse...

Adoro marcadores de livros! Aliás, adoro tudo o que tenha a ver com livros e com a escrita em si, nutrindo uma verdadeira (e salutar) obsessão por material de papelaria:) Este marcador é, de facto, uma obra de arte!:)

Um abraço,
Ana Cota